Que tal trabalhar como Web designer em casa?

Um profissional webdesign trabalha com a criação de projetos e desenvolvimento de interfaces gráficas, conforme um briefing passado pelo cliente, mas, de um modo geral, o webdesigner vive as voltas com projetos, layouts, banners, para isso precisando, basicamente, de um bom computador, impressora e, claro, uma boa conexão à internet.


Essa é uma profissão que está em alta, e quem trabalha em casa leva, além de outras vantagens, a de oferecer um valor bem mais acessível que um trabalho feito por uma agência.

Vale ressaltar que cada vez mais as empresas necessitam desses serviços, e muitas acabam até abrindo mão, justamente, pelo fato das agências cobrarem um valor que nem sempre (quase nunca) cabe no bolso de pequenas empresas.

Por isso, quando estas encontram um profissional autônomo e conseguem fazer uma parceria, acaba sendo vantajoso para ambas as partes – e a demanda é garantida para sempre.

E mais: é interessante mostrar ao empregador todas as suas potencialidades, associando o serviço de web designer a designer gráfico e cuidando tanto da parte virtual quanto dos impressos físicos da empresa.

O investimento inicial, para quem ainda não possui um bom computador, é justamente, investir em uma boa máquina, pois precisa ser um computador melhor que a média, para poder realizar trabalhos com o mesmo padrão profissional de uma agência que, geralmente, conta com ótima aparelhagem.

Estratégia

Uma das vantagens de ser um webdesigner é poder construir, sem custo, o próprio site, o que já é um ótimo começo, usando-o como uma boa vitrine de seus trabalhos.

Então, é preciso montar um portfólio, fazer um cartão de visitas e ir espalhando propostas pela internet e também conversando com seus círculos de amigos.

Sem dúvida, hoje a internet com suas redes sociais é um ótimo veículo de divulgação, sabendo usá-lo, e um bom webdesigner geralmente sabe, com certeza, aparecerão propostas.

Faça uma FanPage, mostrando o que sabe fazer, conquistando, dessa forma, possíveis clientes em potencial.


Áreas de atuação

As áreas de atuação de um profissional dessa área são bastante variadas, basta que a empresa possua um setor de web para que esse profissional seja requisitado, podendo ser uma loja, uma escola, uma clínica, enfim, qualquer profissional, até mesmo um autônomo, que queira ter um site ou uma página em uma rede pode vir a ser um cliente.

Um dos aspectos a ser considerado é que, por ser uma mídia em constante mudança, a web exige uma constante atualização, o webdesigner deve saber atuar em meios bastante variados, afinal a internet já deixou de ser exclusividade de computadores, pois smartphones entraram firme no mercado, facilitando o contato do usuário com a web, por isso, a adaptação às várias mídias é praticamente a nova lei aos webdesigners.

Pronto!

Se você deseja se tornar um webdesigner, já tem algumas dicas de como atuar no mercado diretamente de seu home office.

Assista a Liverpool 4 x 0 Barcelona Melhores Momentos

Sobre Leonardo

Este blog é propriedade de Leonardo Tostes. São postados conteúdos gratuitos focados em Marketing Digital, Empreendedorismo, Produtividade e Estilo de Vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.